Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Energisa Minas Gerais anuncia investimento de mais de R$ 78 milhões em 2019

O VIGILANTE ONLINE | Geral - 20/02/2019 - 22:17 | Atualizado: 21/02/2019 - 07:41

A Energisa Minas Gerais prevê um investimento de mais de R$ 78 milhões este ano na área de concessão da distribuidora. O volume é 12% maior do que foi previsto em 2018. Atualmente, a Energisa atende a aproximadamente 455 mil clientes, divididos em 66 municípios.

Entre as áreas e iniciativas beneficiadas nas concessionárias estão o programa de universalização de energia elétrica, o atendimento de novas cargas e expansão das redes, a manutenção e a substituição de ativos, o combate ao furto de energia e o aperfeiçoamento de processos internos e capacitação das equipes.

“Nossa prioridade da empresa é oferecer um serviço cada vez melhor aos clientes, garantindo uma oferta de energia permanente e segura e levando bem-estar à população. Desta forma, a empresa se mantém como vetor essencial para o desenvolvimento econômico e social da região”, comenta o diretor-presidente da Energisa Minas Gerais, Eduardo Mantovani.

Em 2019, a Energisa realizará diversas obras na região que irão melhorar e ampliar o fornecimento de energia no estado, como:

• construção de uma subestação no município em Miradouro;

• construção de linha de transmissão de alta tensão de cerca de 27 km, interligando as subestações de Muriaé 2 a Votorantim (São Sebastião da Vargem Alegre), possibilitando melhor confiabilidade com mais uma possibilidade de manobra, em caso de interrupção de energia;

• melhoria das estruturas de linhas de transmissão de alta tensão Nova Usina Maurício-Cataguases 1, Cataguases 2-Muriaé 1 e Nova Usina Maurício – Ubá 1;

 substituição de equipamentos instalados em subestações, obsoletos ou com vida útil ultrapassada;

• migração da comunicação analógica para digital para melhor comunicação com as equipes de campo e atendimento ao cliente;

• substituição dos rádios das subestações compartilhadas em usinas e das antenas de veículos por outras de maior ganho;

• instalação de para-raios e melhoria do Sistema de Aterramento nas linhas de transmissão de alta tensão de Conselheiro Paulino - Sumidouro, Ituerê 2 – Tocantins, Guary - Formoso - Tabuleiro - Ituerê 2;

• melhoria na qualidade do serviço e segurança com recondutoramento de cabo nu para rede protegida das localidades: Além Paraíba, Cataguases, Coimbra, Ervália, Guarani, Leopoldina, Santana do Manhuaçu, São João Nepomuceno, Tebas e Visconde do Rio Branco;

• construção de seis novos religadores de subestação (Novos Alimentadores), contemplando os conjuntos Cachoeira da Neblina, Laranjal, Matipó, Santana do Manhuaçu, Santa Margarida e Sumidouro.

Com relação aos indicadores de qualidade do fornecimento, o DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) foi de 9,43 horas do ano e o FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) foi de 5,33 vezes.

O combate ao furto de energia continua sendo uma das prioridades da Energisa. Este ano, serão investidos aproximadamente R$ 1 milhão e 400 mil em iniciativas com essa finalidade. “O chamado ‘gato’ é crime e acarreta perdas milionárias à sociedade. Todos saem prejudicados: a população, que paga a conta do furto e tem o fornecimento prejudicado; o estado, que perde milhões em arrecadação de impostos; e a empresa, que perde receita e tem seus investimentos na melhoria dos serviços afetados”, afirma Mantovani, destacando os meios utilizados nessa missão. “Temos sido muito eficientes em combater o furto com tecnologia e ações coordenadas e inteligentes”, conclui.


Responsabilidade social

A Energisa patrocina e apoia inúmeras iniciativas que valorizam o desenvolvimento socioeconômico, ambiental e cultural da região onde atua. Estes projetos buscam impulsionar o desenvolvimento econômico, regional e social das comunidades, contribuindo para o estímulo e acessibilidade ao lazer, ao esporte e à cultura. Entre os projetos de 2018, destacam-se:

• Nossa Energia:  tem por objetivo eliminar o desperdício de energia elétrica, contribuindo para ampliar a consciência na mudança de hábitos e comportamentos no uso eficiente e seguro da energia elétrica. Em 2018, o projeto beneficiou mais de 17 mil clientes com o cadastro na Tarifa Social de Energia Elétrica e cerca de 10 mil alunos de escolas públicas com palestras educativas, além da troca de mais de 61 mil lâmpadas por outras mais eficientes;

• Zé da Luz na Escola: direcionado a ensinar crianças e adolescentes sobre os riscos de brincadeiras próximas à rede elétrica, tais como empinar pipa e jogar bola perto de subestações da empresa. Somente no ano passado, o projeto percorreu 33 escolas das cidades da área de concessão em Minas, atingindo mais de 8 mil alunos;
 
• Parceria com a Junior Achievement, fundação educativa sem fins lucrativos, em programa de voluntariado que visa à formação de jovens empreendedores, promovendo cursos em escolas da região de Minas Gerais; em 2018, foram beneficiados mais de 600 alunos dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental de Cataguases e cursos técnicos do SENAI, com envolvimento de aproximadamente 60 voluntários;

•  Eficientização de hospitais e escolas públicas: a Energisa concluiu, em março de 2018, as ações de eficiência energética em três cidades de Minas Gerais: Leopoldina, São João Nepomuceno e Cataguases. A iniciativa visa à redução do consumo de energia elétrica e consequentemente das despesas financeiras com energia elétrica. Além disso, a ação contribui para a modernização tecnológica e melhoria do conforto dos usuários com a eficientização energética dessas unidades consumidoras. Ao todo, foram investidos mais de R$ 710 mil nas seguintes instituições: Hospital de Cataguases, Casa de Caridade Leopoldinense, Associação de Caridade São João Nepomuceno e em três escolas públicas de Ubá. Foram substituídas 3.560 lâmpadas ineficientes por lâmpadas LED, 61 condicionadores de ar, três bebedouros, três refrigeradores de vacinas, oito freezers, oito geladeiras, além de terem sido instalados painéis fotovoltaicos. Com essas mudanças, a expectativa é de uma economia anual de energia elétrica de 475,60 MWh/ano, o suficiente para abastecer, em média, 2.640 casas por um mês.



Reconhecimentos/prêmios

A Energisa Minas Gerais venceu o Prêmio Abradee 2018, na categoria ‘Nacional’, sendo reconhecida como a Melhor Distribuidora de Energia no Brasil com até 500 mil consumidores. Também foi a empresa que apresentou o melhor desempenho de qualidade dos serviços prestados na distribuição de energia elétrica no Brasil, comparativamente aos critérios estabelecidos pela própria ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), dentre as empresas com mais de 400 mil clientes.

Fonte: Assessoria de Comunicação Energisa




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS