Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Polícia Civil prende suspeitos de duplo homicídio em Leopoldina

Da Redação | Polícia - 15/05/2019 - 10:57 | Atualizado: 21/05/2019 - 19:57

Corpos das vítimas foram encontrados com marcas de tiros em janeiro de 2018 no Rio Pomba. Operação Novo Mundo prendeu um homem em Recreio e outros dois no Rio Grande do Norte e São Paulo.


Foto: O Vigilante Online

Foto: O Vigilante Online

Três pessoas foram presas nesta terça-feira (14) pela Polícia Civil suspeitas de participação no assassinato de dois homens que foram encontrados no Rio Pomba, município de Leopoldina, em janeiro de 2018. A Operação "Novo Mundo" localizou e prendeu um dos suspeitos no Bairro Alto do Asilo em Recreio, outro no Estado de São Paulo e um policial militar do Mato Grosso do Sul que foi preso no Estado do Rio Grande do Norte.
► Dois corpos são encontrados no Rio Pomba em Leopoldina
A Operação foi realizada pela 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Leopoldina, após um ano e quatro meses de investigações que contaram também com o auxílio da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal. Nesta terça, um indivíduo de 44 anos foi preso em Recreio durante cumprimento de mandado de prisão, além do policial militar do Mato Grosso do Sul, de 47 anos, e um indivíduo, de 39 anos, que foi preso em São Paulo. 

Segundo as informações da Polícia Civil, o crime teria acontecido em razão de uma guerra de violentas quadrilhas rivais de tráfico nacional e internacional de drogas, onde parte das provas foram compartilhadas pela Polícia Federal após a Operação Laços de Família, ocasião em que 230 mandados judiciais foram expedidos em cinco Estados contra suspeitos de integrar um esquema de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro, que desarticulou uma dessas quadrilhas com atuação principal no município de Mundo Novo, localizado no Estado do Mato Grosso do Sul.

Ainda segundo a polícia, o irmão de uma das vítimas e sua esposa desapareceram no Paraguai na mesma época em que o duplo homicídio foi registrado em Leopoldina, havendo assim informações que estes também podem estar mortos.


A PCMG destacou o empenho dos policiais da 3ª DRPC de Leopoldina que através de produção de provas objetivas por meio de quebra de sigilos de dados telefônicos, provas periciais para identificação de sangue no veículo em que as vítimas foram executadas, além de outras ações, foram essenciais para a apuração dos crimes.

Fonte: Jornal O Vigilante Online




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS