Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Projeto Pérola Negra ganha prêmios no 14° Festival Amadança Premium Brasil 

O VIGILANTE ONLINE | Leopoldina - 20/05/2019 - 19:17 | Atualizado: 20/05/2019 - 20:21

Projeto social com sede na Escola Municipal Judith Lintz Guedes Machado foi premiado pelo segundo ano consecutivo. Festival aconteceu em Juiz de Fora.




Pelo segundo ano consecutivo o Grupo Pérola Negra, projeto social com sede na Escola Municipal Judith Lintz Guedes Machado, em Leopoldina, trouxe para o município premiações através de seus bailarinos que participaram da 14ª edição do Festival Amadança Premium Brasil, que aconteceu de 17 a 19 de maio em Juiz de Fora.  

De acordo com o Coordenador Geral do Projeto Pérola Negra, Amaury da Silva Santos, a preparação dos dançarinos do projeto para esta competição seguiu a mesma pegada de 2018. "Foram ensaios aos finais de semana, feriados e até em casa frente ao espelho. As apresentações aconteceram em dois teatros, o Teatro Paschoal Carlos Magno e o Cine-Theatro Central, ambos com excelentes condições, além de terem recebido muito bem as CIAs de dança."


O Pérola Negra participou da Mostra Competitiva no Teatro Paschoal com quatro conjuntos concorrendo na modalidade estilo livre. "Todos tiveram um excelente desempenho, receberam a acolhida calorosa da plateia e deixaram a marca da alegria de dançar no palco. A novidade este ano foram as crianças do projeto inscritas na categoria Infanto juvenil: Luan, João Lucas, Sofhia Alves, Livia Ivo, Sharolayne, Fernanda, Ryane e Ana Luiza: deram um show a parte, sendo aplaudidas de pé e com a sua alegria dançante conquistaram o primeiro lugar na categoria deixando para trás importantes CIAs de dança", contou Amaury (foto abaixo).


 
Na competição o grupo obteve as seguintes premiações: 
1° lugar - conjunto Estilo Livre, categoria Infanto Juvenil - coreógrafas Ana Flavia Cardoso, Gabriela Andrade e Poliana Rodrigues; 
3° lugar – conjunto Estilo Livre, categoria Juvenil – coreógrafo Kevin Carlos.


O Coordenador do Projeto destacou a importância de apoiadores para que o Pérola Negra pudesse competir naquele festival. "Vários amigos e amigas do projeto ajudaram financeiramente para que os pérolas pudessem participar de mais esse festival. Não vou correr o risco de nomeá-los aqui um por um, pois com certeza irei esquecer alguns, mas posso afirmar, foram os recursos apurados com a venda de pechincha e latinha, juntamente com doações desses amigos, que possibilitaram nossa presença em Juiz de Fora para competição. Enfim, mais uma vez todo esforço foi compensado, parabéns Pérola Kids, parabéns Pérolas coreografia Chicago Bull, coreografias She Dance He Dance e Coreografia Danger, vocês alegraram nossos corações representando super bem a nossa Leopoldina em mais um evento de expressão. Podem ter certeza, já escreveram bem mais que uma etapa de nossa história quanto Projeto Social", ressaltou Amaury da Silva Santos.






Fonte: Jornal O Vigilante Online, com a colaboração de Amaury da Silva Santos | Fotos gentilmente cedidas pelo Projeto Pérola Negra




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS