Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Pais denunciam infestação de pombos na Creche do São Cristóvão 

Da Redação - ovigilanteonline.com | Denúncias - 15/06/2019 - 09:13 | Atualizado: 27/06/2019 - 19:40

Situação coloca em risco a saúde de crianças e funcionários. Os pombos fazem ninhos no pátio da escola, onde crianças de 2 a 5 anos transitam, além de ser o lugar onde fica o refeitório. 




Pais de alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (C.M.E.I.) Maria Aparecida da Silva Conte, localizado no Bairro São Cristóvão, entraram em contato com o Jornal O Vigilante Online para denunciar que aquela Creche foi invadida pelos pombos, que fazem ninhos no pátio da escola, onde crianças de 2 a 5 anos transitam, fazem atividades recreativas, têm seus momentos cívicos, além de ser o lugar onde fica o refeitório. 

Conforme os relatos de uma mãe, por mais que os funcionários daquele estabelecimento limpem, a escola vive suja de penas e fezes de pombos, colocando em risco a saúde de todos. “As fezes dos pombos escorrem pelas paredes e grades, atingem mesas e muitas vezes acertam os rostos e cabeças, o que é muito preocupante, pois podem causar doenças como: pneumonia, meningite e doenças de pele”, contou a denunciante, cujo nome será preservado pelo Jornal O Vigilante Online. 


Informações de que bebês de 2 anos de idade se arrastam em meio a essas fezes também foram relatadas. “Por mais cuidadosas que as professoras sejam é impossível evitar a contaminação”, observa uma familiar de criança que é atendida na creche.  

Continua depois da publicidade




A Prefeitura Municipal, segundo informações de uma fonte do Jornal O Vigilante Online, sempre esteve ciente do problema e usa métodos paliativos e evasivos como: saquinhos de naftalina e CDs pendurados para espantar os pombos, ao passo que o correto seria a aplicação de repelentes próprios para pombos. “Enquanto a prefeitura não toma providências sérias os alunos e funcionários correm risco e têm sua saúde seriamente ameaçada”, lamenta o familiar de um aluno da creche, acrescentando que as refeições também são feitas na varanda onde ocorrem os problemas. 


A Redação do Jornal O Vigilante Online entrou em contato com a Prefeitura de Leopoldina através de sua Assessoria de Imprensa informando a respeito da denúncia, mas até a publicação dessa matéria não obteve resposta.


Fonte: Jornal O Vigilante Online




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS