Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

BH pode se tornar referência mundial em gastronomia

Por Gabriel Ronan | MG - 28/06/2019 - 16:01 | Atualizado: 09/07/2019 - 22:27

Cataguases está entre as indicadas para ser reconhecida como referência na área do cinema.


Prefeitura de Belo Horizonte/Divulgação
Um prêmio que pode garantir reconhecimento internacional ao pão de queijo, ao frango com quiabo, ao tropeiro e a outras delícias mineiras. O Ministério das Relações Exteriores selecionou Belo Horizonte para concorrer ao título de Cidade Criativa, que será concedido pela Unesco a até dois municípios brasileiros em 2019.

Além de BH, Cataguases, também está entre as indicadas. A cidade pode ser reconhecida como referência na área do cinema. Aracaju, por sua música, e Fortaleza, no setor de design e moda, também estão no cronograma.

As escolhas devem ser enviadas a Paris até sábado, enquanto as seleções são feitas no segundo semestre, entre outubro e novembro. Conforme o regulamento, apenas duas nomeações poderão ser eleitas pela Unesco. O processo de seleção é feito por dois comitês: um técnico, com representação em cada categoria, designado pela Unesco; e um comitê de representantes das cidades já integrantes da rede, em cada área.

Continua depois da publicidade




As cidades selecionadas poderão estreitar laços com 80 municípios de 72 países de todos os continentes do planeta, por meio das mais diversas solenidades promovidas pela Unesco com o grupo. Além da culinária, a rede conta com lugares reconhecidos pelo artesanato e artes folclóricas, design, cinema, literatura, artes midiáticas e música.

No campo em que BH concorre, estão 25 localidades, espalhadas pela América Latina, Estados Unidos, Europa e Ásia. Entre elas estão Paraty (RJ), Florianópolis e Belém, todas no Brasil, além de Parma (Itália), Tuscon (EUA) e Macau (China).

O programa tem o objetivo de promover a cooperação internacional entre cidades que investem na cultura e na criatividade como fatores de estímulo ao desenvolvimento sustentável.

No último dia 18, por exemplo, as Cidades Criativas especializadas em gastronomia se reuniram em Parma para celebrar o Dia da Gastronomia Sustentável. 

Fonte: Jornal Estado de Minas




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS