Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Leitores de olho na cidade flagram problemas e cobram melhorias

O VIGILANTE ONLINE | Ronda Vigilante - 02/09/2019 - 10:20 | Atualizado: 03/09/2019 - 18:43


Leitores do jornal O Vigilante Online flagram situações e cobram ação do poder público em Leopoldina. 

De acordo com um morador da Rua Clóvis Salgado Gama, no São Cristóvão, existe um vazamento de água sob um bueiro localizado naquela rua e a situação já acontece há vários dias. Conforme o leitor, uma grande quantidade de água está sendo desperdiçada diariamente.

A Copasa foi procurada pela Reportagem e informou que não havia registros em seu sistema de reclamações sobre vazamentos na Rua Clóvis Salgado, no bairro São Cristóvão, em Leopoldina. No entanto, uma equipe foi encaminhada ao local na manhã desta terça-feira (03) para realizar uma vistoria e as correções necessárias. Com relação ao vazamento localizado nas proximidades do viaduto que liga a Rua Acácio Serpa à Avenida dos Expedicionários, também em Leopoldina, a Companhia esclarece que os técnicos foram ao local para realizar a manutenção do mesmo. A Copasa orientou que caso esteja ocorrendo alguma situação pontual, para agilizar o atendimento, o cliente deverá registrar a ocorrência, gratuitamente, nos canais de relacionamento com o cliente: Central de Atendimento “115”; Agência virtual no site www.copasa.com.br;  ou pelo aplicativo Copasa digital, disponível para IOS ou Android.


Outra reclamação vem de um morador do Bela Vista que flagrou um depósito irregular de lixo nas proximidades da Passarela sobre a rodovia BR-116. A situação, conforme o registro fotográfico e mensagem enviada, é nítida e em breve oferecerá riscos aos veículos que trafegam naquela região. 


No Condomínio Solar, no recente inaugurado Alto da Boa Vista, um leitor reclama da situação do calçamento logo na chegada do bairro. "O calçamento na subida de acesso ao bairro Alto da Boa Vista está caótico, os blocos estão esfarelando, buracos de montão, fora que o morro é muito íngreme. Isso sem falar que já reclamamos sobre varrição e até hoje nada, lixo para todo lado". 


Em Ribeiro Junqueira, distrito de Leopoldina, uma moradora reclama da falta de médico clínico geral. Segundo ela, sem previsão, os moradores que fazem uso de medicação controlada não conseguem receita e precisam se deslocar até a cidade. Ao todo, conforme a leitora, trabalham no Posto de Saúde uma dentista e uma auxiliar, uma enfermeira e uma técnica de enfermagem, porém a falta de um médico traz transtornos a moradores que possuem dificuldade de se deslocarem. 


Continua depois da publicidade




Uma outra moradora, que reside na zona rural do município, alerta para o risco que uma ponte localizada próximo à Usina Maurício, em Piacatuba, representa. Conforme o relato, a situação vem se agravando desde fevereiro deste ano. 



Em todos os casos a Redação do jornal O Vigilante Online entrou em contato com os setores responsáveis e obteve resposta apenas da demanda solicitada junto à Copasa.

Fonte: Jornal O Vigilante Online




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS