Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Primeiro dia do Enem 2019 é tranquilo em Leopoldina

O VIGILANTE ONLINE | Cidade - 03/11/2019 - 18:16 | Atualizado: 09/11/2019 - 11:17


O Vigilante Online
Estudantes de Leopoldina e região iniciaram neste domingo, 3 de novembro, as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Os portões dos locais de prova do primeiro dia do Enem foram fechados às 13h00, horário de Brasília, conforme informou o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Entre 13h00 e 13h30, o participante aguardou na sala de aplicação até que foi autorizado o início do exame. Durante esse período, foram realizados procedimentos de segurança, como fiscalização dos lanches e conferência dos documentos de identificação já apresentados para o acesso à sala. Cerca de 5,1 milhões de estudantes em todo o país estão inscritos no Enem. O exame é aplicado em 1.727 municípios, em 10.133 locais. Os candidatos fizeram neste domingo as provas de linguagens, ciências humanas e redação. Ao todo, foram cinco horas e meia para resolver as questões.

 

Continua depois da publicidade




Em Leopoldina, a movimentação transcorreu com tranquilidade e segundo a Polícia Militar não houve ocorrências registradas relacionadas ao evento. Na Escola Estadual Professor Botelho Reis (Ginásio), educadores estiveram na Praça Prof. Botelho Reis, em frente ao estabelecimento de ensino, onde orientaram e tranquilizaram os alunos que prestariam o exame. Muitos familiares também acompanharam os estudantes até as proximidades dos locais de aplicação das provas. Nas imediações do CEFET/MG Leopoldina, na Rua José Peres, ao lado do Terminal Rodoviário, o trânsito de veículos estava intenso nos minutos que antecediam o fechamento dos portões.


Na Escola Estadual Luis Salgado Lima, no Bairro Maria Guimarães França (Cohab Velha), o movimento foi tranquilo. 


O Enem continua no próximo domingo (10), quando os estudantes farão as provas de ciências da natureza e matemática.

Democratização do acesso ao cinema no Brasil é tema da redação do Enem

Democratização do acesso ao cinema no Brasil é o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Os participantes do exame fazem, além da redação, as provas de linguagens e ciências humanas. O tema foi anunciado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, pelo Twitter. "Esse é o tema, estou aqui em Palmas, capital do estado de Tocantins, no colégio da Polícia Militar conferindo se o Enem está indo tudo bem. Tudo 100%, zero de atraso, zero de problemas, tudo caminhando para ser o melhor Enem de todos os tempos", disse em vídeo.

A prova de redação é a única subjetiva do exame e um bom desempenho pode ser decisivo para os candidatos. Cada redação é corrigida por duas pessoas. Elas dão notas de 0 a 200 para cada uma das cinco competências avaliadas no Enem. A nota final é a média aritmética das duas notas.

Caso haja uma diferença entre as notas de mais de 100 pontos na nota final ou de mais de 80 pontos em qualquer uma das competências, a redação passa por um terceiro avaliador.

Se a diferença entre as notas dadas se mantiver, a redação é avaliada por uma banca presencial composta por três professores, que define a nota final do participante.

As cinco competências avaliadas na redação do Enem são:

1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.
2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.
3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Motivos para zerar a redação
A nota zero na redação impede o candidato de participar de processos seletivos do Ministério da Educação (MEC) como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para vagas em universidades públicas, e o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudos em instituições privadas de ensino superior, além do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

De acordo com o Inep, a redação receberá nota zero se apresentar uma das características a seguir: fuga total ao tema, nãoobediência à estrutura dissertativo-argumentativa, texto de até sete linhas, cópia integral de textos da prova de redação ou do caderno de questões,  impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação em qualquer parte da folha de redação, números ou sinais gráficos fora do texto e sem função clara ou parte deliberadamente desconectada do tema proposto.

Veja os temas da redação de edições anteriores:

Enem 2009: O indivíduo frente à ética nacional
Enem 2010: O trabalho na construção da dignidade humana
Enem 2011:  Viver em rede no século XXI: Os limites entre o público e o privado
Enem 2012: O movimento imigratório para o Brasil no século XXI
Enem 2013:  Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil
Enem 2014: Publicidade infantil em questão no Brasil
Enem 2015: A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira
Enem 2016: Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil e Caminhos para combater o racismo no Brasil - Neste ano houve duas aplicações do exame.
Enem 2017: Desafios para formação educacional de surdos no Brasil
Enem 2018: Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet

Fonte: Jornal O Vigilante Online, com informações da Agência Brasil




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS