Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Sargento Moreira ingressa na Reserva Altiva da Polícia Militar de Minas Gerais

O VIGILANTE ONLINE | Região - 12/11/2019 - 09:32 | Atualizado: 12/11/2019 - 10:51

O militar comandava em Argirita o 2º Grupamento do 3º Pelotão da 37ª Cia PM de Leopoldina. 


Arquivo Pessoal
Após 27 anos de carreira militar, acaba de ingressar na Reserva Altiva da Polícia Militar de Minas Gerais o Sargento Fernando da Silva Moreira, cuja reforma aconteceu no dia 7 de novembro. Até a última semana o Sargento Moreira comandava o 2º Grupamento (Argirita) do 3º Pelotão da 37ª Companhia de Polícia Militar, sediada em Leopoldina. 

No dia anterior, 6 de novembro, o Sargento Moreira foi homenageado com uma confraternização em Argirita. Prestigiaram o evento, amigos da corporação e personalidades argiritenses, dentre eles os militares de Leopoldina, Tenente Gilmar Seoldo - Comandante da 37ª Cia PM, Tenente Márcio Araújo, Sub Tenente Luciano, Sargento Wellington, Sargento Edleny, Sargento Coutinho, os PMs de Argirita, Cabo Wellington Miranda, Cabo Rafael Lombardi, Cabo Igor da Silva, Cabo Vilar de Carvalho, Cabo Carlos Henrique Esteves, Cabo Felipe Pacheco e Cabo William Douglas, além do Prefeito de Argirita, Alex Anzolin, o vereador Kennedy Coelho Ribeiro e o servidor público da Prefeitura, Paulo Sérgio. 


Continua depois da publicidade




Filho de Sebastião Moreira e Valta da Silva Moreira, o Sargento Moreira reside em Leopoldina, é casado e pai de um casal de filhos. Oriundo de uma centenária família de militares, Fernando da Silva Moreira menciona a figura de seu bisavô, o primeiro militar da família, a quem Moreira não chegou a conhecer. Depois veio seu avô Alfredo, também militar. Seu pai, Sebastião Moreira, era Sargento, cujos quatro filhos seguiram a tradição. De acordo com a ordem de nascimento: 1º Tenente Dilson da Silva Moreira, 3º José do Carmo Moreira, 2º Sargento Alfredo da Silva Moreira e 3º Sargento Fernando da Silva Moreira, agora ingressando na Reserva Altiva como 2º Sargento.   


Fernando Moreira ingressou na Academia de Polícia Militar no dia 1º de dezembro de 1992, em Ubá. Formou-se a soldado em 1993 e foi designado para a região de Viçosa, para Estevão de Araújo, distrito de Araponga, onde ficou por nove meses. De lá foi transferido para Recreio, ali permanecendo durante um ano. Retornou para Ubá no período de três anos e trabalhou também no Pelotão de trânsito da 35ª Companhia e no Batalhão de Polícia Militar. Com o falecimento de seu pai, que era 3º Sargento da Polícia Militar, Fernando pediu sua transferência para Leopoldina, para ficar mais próximo de sua mãe. Trabalhou em Leopoldina por 3 anos, período em que conheceu sua esposa, natural do distrito de Abaíba. Transferido para Recreio, lá permaneceu por 9 anos e meio, sendo promovido à Cabo no dia 2 de abril de 2004. Tendo retornado para a cidade de Leopoldina onde trabalhou por 7anos neste período ficou por 3anos na administração da 6Cia PM na P3. Em 2013 seguiu para Juiz de Fora, onde fez o curso de formação de Sargentos. Ao se formar foi designado para Argirita, passando a comandar o então 2º GP 3º Pelotão, onde atuou até o último dia 7 de novembro. 


Em Leopoldina, ao lado da esposa e de sua mãe, de camisa azul, quando foi nomeado Cabo. 

Treinamento Bivac, quando o militar estava na Academia, em Ubá.

Através do Jornal O Vigilante Online, o Sargento Moreira divulga sua mensagem de agradecimento. "Senhores, primeiramente agradeço a Deus, e, estendo os meus sinceros agradecimentos aos colegas de farda pelas três décadas, meus superiores, pares e subordinados, me sinto no dever de agradecer a Deus por cada um dos senhores que Ele colocou em minha vida e pela convivência ao longo desta jornada, me proporcionando um ambiente de trabalho fantástico. Meu muito obrigado por tudo. Agradeço a todos pela compreensão e paciência que tiveram comigo e tenho certeza que deixei muitos amigos nessa instituição que tanto fez por mim e minha família. Nunca se esqueçam de alguns preceitos importantes ao longo de suas carreiras, como Honestidade, Profissionalismo, Dedicação e Ética. Nada foi impossível para nós, porque trabalhávamos com o verdadeiro espírito de equipe. O apoio e o companheirismo de vocês são únicos, algo que terei dificuldade de encontrar em outro lugar. Enfim, hoje é um dia significativo para mim. Ao ingressar na reserva remunerada fica o sentimento do dever e missão cumprida. Sou profundamente grato à instituição policial militar de Minas Gerais, aos amigos e colegas que aqui encontrei onde foi compartilhado o nosso dia a dia nas jornadas de serviço, promovendo a devida segurança para toda sociedade. Dessa maneira, deixo o meu apreço a todos que fizeram parte da minha história. De agora em diante é vida que segue! Peço a Deus que me guie em minha nova caminhada!"

2 Timóteo 4:7,8 - Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda. Salmos 27:4 - Uma coisa pedi ao Senhor, e a buscarei: que possa morar na casa do Senhor todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do Senhor, e inquirir no seu templo.

Fernando da Silva Moreira, 3º Sgt PM.

Fonte: Jornal O Vigilante Online




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS