Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Moradores reclamam de infiltração e rachaduras no condomínio Verônio Rezende, em Leopoldina

O VIGILANTE ONLINE | Denúncias - 28/11/2019 - 09:06 | Atualizado: 06/12/2019 - 09:26

Obra do Programa Minha Casa Minha Vida no bairro Tomé Nogueira foi entregue no ano de 2012.



Rachaduras e infiltrações
fazem, cada vez mais, parte da rotina de moradores dos apartamentos do Condomínio Verônio Rezende, obra do Programa Minha Casa Minha Vida no bairro Tomé Nogueira, entregue em Leopoldina no ano de 2012. A CAIXA foi procurada pelo jornal e informou que a garantia das obras expirou em 2017 e que a responsabilidade pelo projeto e execução da obra é exclusivamente da construtora contratada, sendo as unidades entregues vistoriadas pela Prefeitura, órgão competente para emissão de habite-se.


De acordo com leitores que entraram em contato com a Redação do Jornal O Vigilante Online, com as chuvas recentes várias infiltrações foram novamente registradas nos apartamentos do prédio de número 72 e rachaduras preocupam ainda mais os moradores. "Sou moradora do bairro Tome Nogueira gostaria de fazer um pedido talvez através do jornal alguém possa nos ajudar (...) talvez com a ajuda de vocês algum órgão responsável se mobiliza em comparecer lá pra fazer uma vistoria pois já temos rachaduras nas paredes e estamos preocupados. Obrigada sei que podemos contar com vocês!", disse a leitora.

Segundo o chefe da Defesa Civil municipal, Antônio Dias, na segunda-feira (25), uma vistoria foi feita e constatada a situação para cerca de oito moradores daquele prédio.


Continua depois da publicidade




Procurada pela Reportagem, a CAIXA informou ao jornal O Vigilante Online que o  empreendimento Condomínio Verônio Resende, em Leopoldina, pertence à Faixa I do Programa Minha Casa Minha Vida, entregue aos mutuários em 2012. Durante o período de garantia, que expirou em junho de 2017, 8% das unidades do empreendimento registraram reclamações no Programa De Olho na Qualidade, tendo o seu atendimento efetuado pela construtora. 

A manutenção destes imóveis, após o término da garantia, é de competência dos beneficiários, que devem zelar pela conservação das unidades. A CAIXA esclarece que a responsabilidade pelo projeto e execução da obra é exclusivamente da construtora contratada, sendo as unidades entregues vistoriadas pela Prefeitura, órgão competente para emissão de habite-se.

Conforme o esclarecimento, para assegurar que as construtoras que atuam no Programa Minha Casa Minha Vida cumpram com a garantia das unidades entregues, a CAIXA mantém desde 2013 o Programa De Olho na Qualidade, que disponibiliza um canal onde recebe as ocorrências de danos físicos das unidades, por meio do telefone 0800-721-6268, notificando as construtoras para que façam o reparo. Caso a construtora não execute o conserto é feito um bloqueio para que a empresa responsável pela obra não realize novos contratos com a CAIXA e uma nova construtora é contratada para efetuar os reparos necessários, assistindo dessa forma a garantia das unidades entregues.

A Reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Leopoldina para se manifestar sobre o caso e aguarda retorno.




Fonte: Jornal O Vigilante Online




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS