Sua Excelência o FATO


Por Júlio Cesar Martins

A imprensa não pode se subordinar à manipulação, nem tentar impor sua verdade ao público, afinal, não existe verdade absoluta. Daí, a missão da imprensa pode contrariar setores ou pessoas. Em um momento no qual a nação está dividida e o incitamento à separação entre os brasileiros parece ser estimulado ideologicamente, é comum que a informação seja considerada favorável ou contrária a interesses menores.

No mundo contemporâneo, principalmente no interior do país, se determinado veículo de imprensa é “enquadrado” pelos que não sabem conviver com a Democracia e se consideram donos das consciências, a este veículo de imprensa declarada a guerra está, de maneira velada.

Esta é uma grande tolice, pois a liturgia da função de quem tem a responsabilidade de levar a notícia ao mundo está muito acima de interesses particulares, políticos ou econômicos, assim como a liturgia do cargo ocupado pelo homem público deveria tratar a todos com igualdade, sem discriminações ou privilégios.

Quando se abre uma pauta na redação do jornal, a cobertura jornalística do tema precisa avançar e revelar as versões, favoráveis ou contrárias, para que o receptor da mensagem possa formar sua opinião a respeito do assunto.

Sobrepondo-se às versões, há um aspecto decisivo que não pode e não deve ser desconsiderado: “Sua Excelência o FATO”. Esta citação, que foi celebrizada pelo estadista francês Charles De Gaulle e mencionada inúmeras vezes por Ulisses Guimarães, serve para lembrarmos de que, apesar das versões que possam existir sobre determinado acontecimento, com o FATO não se brinca.

Fonte: O VIGILANTE ONLINE




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS