Rama e o Dia da Consciência

Orlando Macedo | Artigo - 26/11/2017 - 22:13 | Atualizado: 26/11/2017 - 20:13

Por Orlando Macedo


Nas últimas semanas nosso sistema solar foi visitado por um objeto interestelar. O objeto é o primeiro avistado. Pelos planos iniciais daqueles que nos criaram, este deveria ser nosso primeiro contato, visto que após esses milhares de anos de evolução nossos cérebros já teriam capacidade de desenvolver os artefatos necessários para abordagem e contato. Mas o objeto está nos deixando e apenas fomos capazes de identificar sua forma. O que aconteceu? Nosso responsável pela varredura espacial nunca se formou. Era negro e a ele não foi possível ter acesso a universidade que daria o conhecimento para esta abordagem. Quando tentou visitar a faculdade pela primeira vez foi espancado e preso pela polícia. O que um negro fazia naquele local aquela hora? Nosso especialista em motores e propulsão está preso. Também nunca se formou.

O país em que ele foi estudar mandou prendê-lo pois alguém de sua religião não pode mexer com nada explosivo. Ao mesmo tempo o comandante da nave que faria a abordagem está morto. O Deus dele era diferente do Deus de seu país. Foi decapitado. O oficial de ciências, que seria capaz de entrar em contato com a nova tecnologia, está hospitalizado. Até entrou para a faculdade, mas infelizmente decidiu dizer a seus amigos que gostava de pessoas do mesmo sexo que o seu. Foi a causa da hospitalização. Nem mesmo o Oficial de Biologia pode se formar. Na verdade, nem a escola conseguiu ir... Após sua mãe e irmãs serem estupradas e mortas, morreu de fome. A navegadora que os levaria está bem. Afinal, tem um marido. Que bate nela a a estupra regularmente, mas os homens são assim mesmo. A Faculdade de Astrofísica? Ah, não, isso não era coisa de mulher. Rama passou. Está deixando nosso universo. Sua última mensagem não pode ser decodificada. Era até engraçada, visto que foi transmitida no dia 20 de novembro, onde em algum desses lugares se comemorava o Dia da Consciência Negra. “A Experiência Falhou. Nível de Consciência Humana insuficiente”  

Fonte: O VIGILANTE ONLINE



Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS