Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Inspetor Américo Cabral se aposenta após quase quatro décadas de relevantes serviços prestados

| Leopoldina - 10/06/2018 - 17:04 | Atualizado: 28/09/2018 - 13:10

Chefe da 7ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal em Leopoldina nos últimos 6 anos, Américo Cabral completou 38 anos de serviços prestados no setor público.


 Inspetor Américo Cabral exerceu nos últimos 6 anos a função de Chefe da 7ª Delegacia da PRF em Leopoldina.

Inspetor Américo Cabral exerceu nos últimos 6 anos a função de Chefe da 7ª Delegacia da PRF em Leopoldina.

Ao completar 38 anos de serviços prestados ao estado e ao país, dos quais 14 anos como funcionário público do Estado de Minas Gerais e 24 anos na Polícia Rodoviária Federal, aposentou-se neste mês de maio o Inspetor Américo Cabral, que nos últimos 6 anos exerceu a função de Chefe da 7ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal em Leopoldina. 

No dia 9 de março deste ano, atendendo pedido do próprio Inspetor Américo, a Portaria trazendo sua dispensa da Chefia da 7ª DPRF foi publicada, e no dia 1º de maio o Inspetor solicitou sua aposentadoria, que foi assinada no último dia 24 pelo Coordenador de Recursos Humanos da Polícia Rodoviária Federal e publicada no Diário Oficial da União no dia 25 de maio. 

Américo Cabral (foto) iniciou sua vida profissional em julho de 1980, depois de ser aprovado em concurso para a Caixa Econômica do Estado de Minas Gerais (Minas Caixa), onde atuou durante 11 anos, sendo absorvido para trabalhar no serviço público do Estado de Minas Gerais devido ao fechamento daquela instituição financeira no ano de 1991. Ingressou então na Secretaria de Estado da Fazenda, onde permaneceu de 1991 a 1994. Em 1994, Américo prestou novo concurso público, sendo aprovado e ingressando na Polícia Rodoviária Federal naquele mesmo ano.  

Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC Leopoldina), em 1995, destacou-se como o melhor aluno da primeira turma formada naquela Faculdade, recebendo do Reitor Bonifácio Andrada, uma placa em sua homenagem.

A passagem do Inspetor Américo como Chefe da 7ª DPRF de Leopoldina foi marcada por grandes resultados em aspectos de gestão, fiscalização de trânsito, combate à criminalidade, entre outros. Como exemplo, a Redação relembra homenagem prestada durante o Curso de Estudos em Gestão Policial, realizado em 2016 na cidade de Florianópolis - Santa Catarina, ocasião na qual o Inspetor Américo recebeu em nome da 7ª DPRF de Leopoldina uma merecida homenagem das mãos da Diretora Geral do Departamento de Polícia Rodoviária Federal, Inspetora Maria Alice Nascimento Souza. Em virtude dos relevantes números alcançados na redução de acidentes de trânsito, fruto do trabalho individual de cada Policial Rodoviário Federal, a 7ª DPRF foi a única Delegacia de Minas Gerais a figurar entre as quinze primeiras, recebendo como recompensa uma nova viatura Renault Fluence. Para que o resultado na área sob jurisdição da 7ª DPRF tenha sido alcançado, merece destaque o eficiente trabalho desenvolvido no combate à alcoolemia e a educação para o trânsito, áreas nas quais a Delegacia de Leopoldina se evidencia em âmbito nacional. 
Inspetor Américo Cabral e a Diretora Geral do Departamento de Polícia Rodoviária Federal, Inspetora Maria Alice Nascimento Souza. 

Em um breve relato sobre o período no qual esteve à frente da 7ª DPRF, o Inspetor Américo Cabral destacou os avanços alcançados durante sua gestão, mencionando as reformas dos Postos da PRF em Leopoldina e Muriaé, a reforma da sede da Delegacia em Leopoldina, implantação de radares e quebra-molas, citando os redutores colocados na Serra de Muriaé, nas imediações do Posto da PRF de Leopoldina, radares na região de Muriaé até São Francisco do Glória - lugares pontuais de maior índice de acidentes, dentre outros, e o Projeto FETRAN, que introduziu a educação para o trânsito em escolas das redes pública e privada em Leopoldina e outras cidades da região.  

"Fico muito feliz e em paz comigo mesmo em saber que cumpri a minha missão na PRF, tanto na época quando eu trabalhava como policial de pista como a partir do momento em que fui convidado para ser o gestor da Delegacia de Leopoldina em 2012. Fico mais honrado ainda por saber que a PRF está sendo entregue a um policial que eu considero um dos mais capacitados policiais de Minas Gerais, quiçá do Brasil, que é o Inspetor Rodrigo Ladeira. Com ele trabalhei nestes seis anos, tomando decisões conjuntas e tivemos êxito, alcançamos todos os resultados planejados, tanto na parte de união do efetivo interno como na parte de convênios, de aproximação com outros órgãos. Esse conjunto de situações fez com que a nossa gestão fosse coroada de êxito. Meu pedido de aposentadoria foi uma decisão foi muito difícil, pois tenho a PRF no sangue. Sei que estou saindo da ativa, mas continuo sendo um defensor e colaborador da PRF. Com essa transição que foi feita, com o Inspetor Ladeira assumindo, a nossa Delegacia continuará nessa trajetória vitoriosa que nós temos. Ressalto novamente, o Inspetor Ladeira é um dos policiais mais competentes e mais preparados que eu conheci nestes 24 anos de PRF", declarou recentemente o Inspetor Américo Cabral, em entrevista concedida ao Jornal O Vigilante.

O Inspetor Américo Cabral tomou posse na PRF no dia 13 de julho de 1994. Foi lotado nas Delegacias de Caratinga, e prestou serviços na Delegacia da PRF em Juiz de Fora durante o período de setembro a dezembro de 1995. Trabalhou durante 13 anos como responsável da equipe de ronda da 7ª Delegacia de Leopoldina, para onde veio transferido em abril de 1996. Durante 2 anos foi Inspetor Administrativo na gestão do saudoso Inspetor Nestor Rodrigues Fajardo, por ele indicado. Após concurso interno, do qual participaram outros dois PRFs de Minas Gerais e 30 do pais, Américo Cabral foi selecionado em 2002 para participar de um Curso de Inteligência da ABIN, em Brasília, tornando-se profissional da Inteligência da Polícia Rodoviária Federal, atuando durante sete anos em praticamente todo o território nacional em missões veladas de Inteligência, até o final de 2008. Foi convidado para assumir a gestão da Delegacia de Leopoldina em 2012, sendo portariado em 20 de março daquele ano. “Em janeiro de 2018 solicitei a dispensa da chefia da Delegacia e indiquei o nome do Inspetor Ladeira para assumir em meu lugar”, revelou Américo Cabral.  

Atualmente, a 7ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal de Leopoldina tem à frente o Inspetor Rodrigo Ladeira, que desde 2012 era o Chefe do Núcleo de Policiamento e Fiscalização. A Inspetora Roberta Chehuen assumiu como Chefe de Delegacia Substituta e o Inspetor Joel Guedes como Chefe do Núcleo de Policiamento e Fiscalização.

Cronologia 

Julho de 1980 – Américo Cabral inicia sua vida profissional como funcionário da Caixa Econômica do Estado de Minas Gerais (Minas Caixa), onde ingressou através de aprovação em concurso público. Trabalhou naquela instituição financeira até seu fechamento, em 1991. 

1991 – Com o fechamento da Minas Caixa, Américo Cabral foi absorvido pelo Estado de Minas Gerais e ingressa na Secretaria de Estado da Fazenda, onde permaneceu até 1994. 

1994 – Américo Cabral presta novo concurso público, sendo aprovado para ingressar na Polícia Rodoviária Federal. 

1995 – Graduado em Ciências Contábeis pela Universidade Presidente Antônio Carlos, Américo Cabral destaca-se como melhor aluno da primeira turma formada naquela Faculdade. Na cerimônia de formatura, é homenageado pelo Reitor daquela Universidade, Dr. Bonifácio Andrada, que lhe entrega uma placa alusiva ao feito. 

13 de julho de 1994 – O Inspetor Américo Cabral toma posse na Polícia Rodoviária Federal, lotado na Delegacia da PRF em Caratinga. 

1995 - De setembro a dezembro prestou serviços na Delegacia da PRF em Juiz de Fora.

1996 – É transferido para Leopoldina em abril, trabalhando durante 13 anos como responsável pela equipe de ronda da 7ª DPRF.

Durante 2 anos foi Inspetor Administrativo na gestão do saudoso Inspetor Nestor Rodrigues Fajardo, quem o indicou para a função. 

Em 2002, após concurso interno, do qual participaram outros dois PRFs de Minas Gerais e 30 de outros estados, Américo Cabral foi selecionado para participar de um Curso de Inteligência da ABIN, em Brasília, tornando-se profissional da Inteligência da Polícia Rodoviária Federal, atuando em praticamente todo o território nacional em missões veladas de Inteligência, até o final de 2008.

Em 2012 foi convidado para assumir a gestão da Delegacia de Leopoldina, sendo portariado em 20 de março daquele ano. 

Janeiro de 2018 – O Inspetor Américo Cabral solicita sua dispensa da Chefia da Delegacia e indica o nome do Inspetor Ladeira para assumir em seu lugar.

No dia 9 de março de 2018, atendendo pedido do próprio Inspetor Américo, a Portaria trazendo sua dispensa da função de Chefe da 7ª DPRF foi publicada.

1º de maio de 2018 – Américo Cabral solicita sua aposentadoria. 

24 de maio de 2018 – o pedido de aposentadoria de Américo Cabral é assinado pelo Coordenador de Recursos Humanos da Polícia Rodoviária Federal.

25 de maio de 2018 – Publicada no Diário Oficial da União a aposentadoria do Inspetor PRF Américo Cabral.

Fonte: O VIGILANTE ONLINE




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS