Falta de energia pode ter estragado 150 vacinas no Polo de Saúde de Leopoldina

De acordo com a ocorrência policial, possivelmente alguém desligou o relógio de energia elétrica. Doses foram enviadas para análise em BH.


Aproximadamente 150 frascos de vacinas podem ter se estragado em Leopoldina após uma queda de energia elétrica, no Polo de Saúde Agostinho Pestana. O caso foi registrado na manhã do último sábado (7) pela Polícia Militar e de acordo com o relato da chefe do Setor de Epidemiologia, Maria Emilia T. de Moraes, o vigia do local levou ao conhecimento do setor que o prédio estava sem energia e que possivelmente alguém teria desligado o relógio de energia elétrica daquela unidade. 

Ainda conforme o relato, o relógio medidor da temperatura da câmara fria onde ficam as vacinas estava marcando a máxima de 19,2º e a mínima 4,4º. Segundo a servidora da Secretaria Municipal de Saúde de Leopoldina, o correto seria estar entre 2º a mínima e 8º a máxima. 

Segundo o registro, aproximadamente 150 vacinas variadas ficaram comprometidas e seriam encaminhadas para Belo Horizonte para avaliação. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Leopoldina.

A Reportagem não conseguiu contato com o setor responsável para comentar o assunto.

Fonte: O VIGILANTE ONLINE


Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2017 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS