Tubulação quebrada despeja grande quantidade de esgoto sob ponte da Marechal Deodoro

José Augusto Cabral | Ronda Vigilante - 13/07/2018 - 18:40 | Atualizado: 20/07/2018 - 23:33

O problema no local começou em 2015. Moradores das imediações são obrigados a conviver com o forte odor do esgoto despejado sob a ponte nas proximidades da Praça da Bandeira.



A primeira cobrança que fizemos em relação ao problema é antiga, foi publicada em setembro de 2015, quando tivemos a informação que a rede de esgoto que passa sob a ponte teve que ser quebrada por funcionários da Prefeitura para solucionar um entupimento. Naquela época, em contato com a Prefeitura de Leopoldina, fomos informados por sua assessoria de imprensa que o esgoto seria jogado no córrego enquanto a administração municipal aguardava a vinda de um caminhão, de Juiz de Fora, para desentupir a rede de esgoto. Em setembro de 2016 levantamos novamente o problema e até o fechamento deste artigo os moradores não obtiveram nenhuma solução.


O esgoto “in natura” cai da rede coletora de esgotos, direto no córrego Feijão Cru, que um dia já foi um curso d’água. Se já não fosse suficiente o problema do mau cheiro, ainda existe a poluição ambiental e também os focos de pernilongos e a proliferação de animais transmissores de doenças.

Situação atual:





Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS