Moradores reclamam da falta de água em novo bairro de Leopoldina

A reportagem entrou em contato com a Copasa e obteve esclarecimentos sobre a situação.

Denúncias - 08/08/2018 - 18:32:57 | Atualizado: 15/08/2018 - 10:12:38

Imóveis do Condomínio Solar Leopoldina foram entregues em junho deste ano.

Imóveis do Condomínio Solar Leopoldina foram entregues em junho deste ano.

Os moradores do condomínio Solar Leopoldina, localizado no recém criado Bairro Alto da Boa Vista, afirmam que estão enfrentando falta de água desde que os imóveis do  programa do governo federal, “Minha Casa/Minha Vida” foram entregues pela Caixa Econômica Federal e Prefeitura de Leopoldina, em junho deste ano.

Segundo o relato de um morador, aos finais de semana a água só fica disponível durante a madrugada. Um internauta conta que está sofrendo transtornos com a falta de água, pois trabalha a semana toda e somente nos finais de semana consegue realizar seus afazeres no imóvel. Segundo ele, "quando mais precisamos da água, ela falta". O internauta também relatou que funcionários da Copasa disseram que o problema seria resolvido com a substituição de uma bomba por outra de potência maior, porém até o momento nenhuma medida foi adotada pela empresa. Uma leitora do jornal entrou em contato com a redação para lamentar que já precisou recorrer aos amigos que moram em outros bairros para tomar banho.

Procurada pela Reportagem do Jornal O Vigilante, a Copasa informou através de sua Assessoria de Imprensa que o abastecimento de água no Condomínio Solar Leopoldina, no bairro Alto da Boa Vista, em Leopoldina, está sendo feito normalmente desde a entrega das casas, realizada em junho de 2018. De acordo com os sistemas da empresa, há apenas uma reclamação de falta d’água registrada no dia 05/08. Uma equipe esteve no local no mesmo dia da ocorrência, constatando que o abastecimento já estava normalizado. Ainda de acordo com a Copasa, técnicos da empresa monitoram o sistema de abastecimento de água da região com o objetivo de identificar se existem interferências - como a ocorrência de falta de energia elétrica ou possíveis vazamentos - que possam vir a provocar intermitências no fornecimento de água, visando providenciar a correção do problema e, assim, evitar possíveis desabastecimentos.

Fonte: O VIGILANTE ONLINE


Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2017 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS