Moradores de Barão do Monte Alto se reúnem para cobrar melhorias nos serviços da Copasa 

O VIGILANTE ONLINE | Denúncias - 05/10/2018 - 16:32 | Atualizado: 09/10/2018 - 12:28

Promessa de novo reservatório e falhas no abastecimento são algumas das reclamações.


Moradores se reuniram em distrito de Barão do Monte Alto nesta quinta-feira.

Moradores se reuniram em distrito de Barão do Monte Alto nesta quinta-feira.

Moradores do distrito de Cachoeira Alegre, em Barão do Monte Alto, participaram de uma reunião na noite desta quinta-feira (4) para discutir a qualidade dos serviços prestados pela Copasa naquela localidade. O evento aconteceu na residência de um dos moradores e reuniu vereadores e lideranças locais.

De acordo com a moradora Adriana Bizarro, um abaixo assinado solicitando que a COPASA coloque em funcionamento um novo reservatório, através de um poço já existente no distrito há pelo menos cinco anos, foi uma das reivindicações dos presentes na reunião. A pauta da reunião trouxe os temas abordados na matéria do jornal O Vigilante desta quarta (3), na qual moradores relatavam falta de abastecimento e o aspecto turvo da água fornecido pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais. 

Os vereadores Leonardo Bouzada, Cristiano Bouzada e João Pacheco, que participaram da reunião, apresentaram um ofício de abril deste ano, em que soluções são cobradas para os constantes problemas de abastecimento em bairros do município. Em resposta ao ofício, o Gerente da Regional da Copasa em Leopoldina informou no dia 07 de maio que um novo reservatório seria instalado ao lado do existente em Cachoeira Alegre, obra com prazo estimado de noventa dias para sua conclusão, com o intuito de aumentar a reservação para aquela região. Ainda em resposta ao ofício, o gerente esclarece que a falta de água nos bairros Arraial Velho foi ocasionada por problemas de falta de energia elétrica que alimenta a unidade de bombeamento responsável pelo abastecimento do bairro. 

Os organizadores da reunião informaram que convidaram um representante da COPASA, porém nenhum membro da empresa compareceu ao evento. Até o domingo, novas assinaturas seriam colhidas junto a população para que, com outro ofício, sejam enviadas à Companhia em Belo Horizonte. 
 
No final da tarde desta segunda-feira, 8 de outubro, a Assessoria da Copasa, que havia sido procurada pela reportagem, informou que o desabastecimento no distrito de Cachoeira Alegre, no município de Barão do Monte Alto, está ocorrendo em razão da queda na vazão do poço que abastece a localidade. De acordo com a empresa, técnicos da Companhia estão trabalhando para solucionar o problema e o fornecimento de água está sendo complementado por meio de caminhão-pipa. A previsão é que o abastecimento seja normalizado ao longo desta semana. Em relação à construção de um novo reservatório de água na cidade, a Copasa esclarece que um atraso no processo licitatório para a aquisição dos equipamentos acabou inviabilizando sua implantação no período de 90 dias, anteriormente estipulado. A Companhia estuda a adoção de outras medidas operacionais para garantir o abastecimento, tais como a implantação de um sistema de automação ou o monitoramento eletrônico à distância, caso o processo não seja resolvido em breve. A empresa reforça que está atuando a fim de que todos os trâmites sejam cumpridos no menor tempo possível.

Fonte: Jornal O Vigilante



Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2018 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS