Enem começa com tranquilidade para candidatos de Leopoldina

O VIGILANTE ONLINE | Cidade - 04/11/2018 - 14:04 | Atualizado: 05/11/2018 - 15:50

Estudantes têm até as 19h00 para terminarem as provas deste domingo.




Com a presença da Polícia Militar, o portão da E. E. Luiz Salgado Lima foi fechado às 13h00. 

Estudantes de Leopoldina e região iniciaram neste domingo (4), as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 que se encerra no próximo final de semana. Os portões dos locais de prova do primeiro dia do Enem foram abertos ao meio dia. Os estudantes tiveram acesso às salas até as 13h00 (horário de Brasília), quando começaram os procedimentos de segurança. As provas tiveram início às 13h30. Ao todo, mais de 5,5 milhões de estudantes farão o Enem em mais de 1,7 mil municípios. 

Nos três locais de prova em Leopoldina, a movimentação transcorreu com tranquilidade. Na Escola Estadual Professor Botelho Reis (Ginásio), educadores estiveram na Praça Prof. Botelho Reis, em frente ao estabelecimento de ensino, onde orientaram e tranquilizaram os alunos que prestariam o exame. Muitos familiares também acompanharam os estudantes até as proximidades dos locais de aplicação das provas. De acordo com o Ministério da Educação, os estudantes terão cinco horas e meia para fazerem as provas de linguagem, ciências humanas e redação. 



Nas imediações do CEFET/MG Leopoldina, na Rua José Peres, ao lado do Terminal Rodoviário, o trânsito de veículos estava intenso nos minutos que antecediam o fechamento dos portões.


Na Escola Estadual Luis Salgado Lima, no Bairro Maria Guimarães França (Cohab Velha), o movimento foi tranquilo. Do lado de fora destas duas escolas os professores permaneciam à disposição dos alunos para esclarecimento de dúvidas. 

Por causa do início do horário de verão nesta madrugada, os estados do Norte e do Nordeste terão horários diferentes de abertura e fechamento dos portões. Durante os dois dias de prova os candidatos devem ter em mãos um documento válido, oficial e com foto; e guardar no envelope porta-objetos fornecido pelo aplicador o telefone celular e quaisquer outros equipamentos eletrônicos, desligados. O candidato deve também levar caneta de tubo transparente e tinta preta. Lápis, borracha, lapiseira e canetas sem transparência não podem ser usados no dia da prova.

O participante não poderá deixar o local de prova antes das duas primeiras horas e só poderá levar o seu Caderno de Questões caso deixe a sala 30 minutos antes do fim da prova.

O tema da redação do Enem deste ano é: "Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet". A Informação foi divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o texto deve ser dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, além de ser desenvolvido a partir da situação-problema e de subsídios oferecidos pelos textos motivadores. De acordo com a divulgação do Twitter oficial do Inep, a opinião do autor deve estar fundamentada com explicações e argumentos.

A estrutura para realização do Enem envolve 10.718 locais para aplicação das provas, 155.254 salas e mais de meio milhão de colaboradores. Foram impressas 11,5 milhões de provas de doze Cadernos de Questões diferentes. Haverá ainda uma videoprova em Língua Brasileira de Sinais (Libras). De acordo com a Agência Brasil, são quase 600 mil pessoas envolvidas na aplicação do exame.

A nota do Enem poderá ser usada para concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fonte: Jornal O Vigilante


Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2018 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS