Papa Francisco nomeia Dom Dario Campos novo Arcebispo da Arquidiocese de Vitória

O VIGILANTE ONLINE | Geral - 08/11/2018 - 08:23 | Atualizado: 08/11/2018 - 07:29

Dom Dario foi bispo diocesano de Leopoldina entre 2004 e 2011.


O papa Francisco acolheu o pedido de renúncia apresentado por dom Luiz Mancilha Vilela, e nomeou como arcebispo da Arquidiocese de Vitória, Dom Frei Dario Campos, transferindo-o da diocese de Cachoeiro de Itapemirim, sul do Estado. Dom Frei Dario Campos foi nomeado nesta quarta-feira (7). Dom Luiz foi nomeado pelo Papa, Administrador Apostólico da Arquidiocese de Vitória até à posse de Dario.

A posse de Dom Frei Dario será realizada no dia 05 de janeiro do ano que vem, às 10h00, na Catedral de Vitória. Em comunicado oficial, a Arquidiocese de Vitória acolheu "com alegria a nomeação do novo Arcebispo e reza para que sua missão seja fecunda e Dom Dario seja feliz ao realizá-la". 

Dom Dario afirmou que recebeu a notícia com muita alegria e que está muito disposto a assumir esse pedido do Papa Francisco, de estar junto ao povo, trabalhando por uma Igreja unida e uma sociedade mais igualitária. “Saio de Cachoeiro com o coração partido, pois fiz uma caminhada muito bonita e com muitos amigos, mas vou para Vitória com o coração transbordando de carinho ao encontro de todos”, afirmou o novo arcebispo de Vitória.

Perfil eclesiástico 
Dom Dario é capixaba, nascido em Castelo no dia 9 de junho de 1948. É franciscano da Ordem dos Frades Menores. Fez profissão religiosa em 10 de janeiro de 1975 e foi ordenado sacerdote em 8 de dezembro de 1977.

Foi nomeado bispo coadjutor de Araçuaí, MG, em 5 de julho de 2000, e de 2001 a 2004 exerceu a missão de bispo diocesano de Araçuaí. De 2004 a 2011 bispo diocesano de Leopoldina, MG. Em 27 de abril de 2011 foi nomeado bispo de Cachoeiro de Itapemirim e tomou posse em 10 de junho de 2011.

Atividades e funções desempenhadas por Dom Dario como Bispo:
“Bispo Coadjutor de Araçuaí-MG (2000-2001); Bispo de Araçuaí-MG (2001-2004); Bispo de Leopoldina-MG (2004-2011); Membro do CEP Regional Leste 2; Membro do Conselho Permanente da CNBB; responsável pelo Setor Vocações e Ministérios (2002-2006); responsável pelos Presbíteros Leste 2 e SAV (2006-2010); Vice-presidente do Regional Leste 2 da CNBB; Bispo de Cachoeiro de Itapemirim.

Atividades desenvolvidas antes do Episcopado:
Vigário Paroquial; promotor vocacional; mestre de noviços; mestre dos estudantes de filosofia; guardião do convento de São Bernardino; guardião do convento São Francisco das Chagas; diretor do Colégio Santo Antônio em Belo Horizonte-MG; definidor provincial e vice-provincial; presidente da Conferência das Províncias Franciscanas do Brasil; visitador geral nas províncias franciscanas de Mato Grosso, Goiás, Santarém, Triângulo Mineiro; vice-presidente da CRB-MG; Provincial (1995-2000).

Novo bispo emérito
Dom Luiz Mancilha é natural de Pouso Alto (MG) e completou 75 anos em maio de 2017, idade estabelecida pelo Código de Direito Canônico para a apresentação da renúncia por idade ao papa. O agora arcebispo emérito de Vitória também passou pela diocese de Cachoeiro de Itapemirim, assim como seu sucessor. Por lá esteve de 1986 até 2002. Entre 2002 e 2004, foi arcebispo coadjutor de Vitória do Espírito Santo, assumindo o governo arquidiocesano na sequência.

Dom Luiz Mancilha Vilela, cujo lema episcopal é “Ut Pastor Pascet” (Como um pastor) atuou na CNBB como responsável pela então Dimensão Missionária e fez parte do Conselho Episcopal Pastoral (Consep).

Fonte: Folha de Vitória


Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2018 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS