PM de Leopoldina faz cerco em busca de foragido do presídio e apreende arma de fogo 

O VIGILANTE ONLINE | Cidade - 06/01/2019 - 08:28 | Atualizado: 08/01/2019 - 07:31

Gustavo de Oliveira Lima (Nokinha) fugiu dos militares mas deixou cair uma arma de fogo antes de se embrenhar em um matagal.


PM apreendeu um revólver calibre 32 na madrugada deste domingo (6) em Leopoldina.

PM apreendeu um revólver calibre 32 na madrugada deste domingo (6) em Leopoldina.

As buscas pelo foragido Gustavo de Oliveira Lima, vulgo Nokinha, mobilizaram policiais militares na madrugada deste domingo (6) na região do Bairro Caiçara, em Leopoldina. Após denúncia de que o indivíduo estaria armado nas imediações de um posto de combustíveis, a Polícia Militar realizou intenso rastreamento que resultou na apreensão de um revólver calibre 32.

Segundo a PM, assim que a Sala de Operações da 37ª Cia PM de Leopoldina recebeu denúncia de que o foragido do presídio estaria naquela imediação, uma estratégia de recaptura foi montada rapidamente no intuito de prender o rapaz, que fugiu no último 24 de dezembro com o preso Marcus Vinícius da Costa Maciel, de Juiz de Fora. Conforme a polícia, os militares Sargento Titonelli e Cabo Araújo avançaram por um trilho de acesso ao Caiçara, momento em que ao receber ordem de parada o indivíduo fugiu pelo mato, não sendo mais visto. Durante varredura pelo trecho foram localizados um boné e um revólver calibre 32, desmuniciado.

O revólver e o objeto apreendido foram encaminhados para a Delegacia Regional da Polícia Civil de Leopoldina. A ação teve a participação dos militares Sargento Titonelli e Cabo Araújo, com o apoio da Patrulha de Operações composta pelos policiais Sargento Vieira, Cabo Johnn e Cabo Coelho.

Moradores que notarem movimentações suspeitas podem fazer as denúncias pelo telefone 190.

Os fugitivos

Gustavo de Oliveira Lima (Nokinha), foi preso pela última vez na quinta-feira, 13 de dezembro, no Bairro Caiçara em cumprimento a um mandado de busca e apreensão. Na ocasião foram apreendidos drogas, armas e dinheiro.  

Marcus Vinícius da Costa Maciel foi transferido para Leopoldina através de uma permuta entre os presídios de Leopoldina e Bicas, autorizada pela Superintendência de Gestão de Vagas. A Reportagem não obteve informações sobre a sua condenação, porém de acordo com a polícia ele possui diversas passagens por tráfico de drogas, ameaça, além de uma tentativa de homicídio em 2010, todas as ocorrências em Juiz de Fora.


Leia também:
Dois detentos fogem do presídio de Leopoldina
Polícia segue com as buscas pelos foragidos do presídio de Leopoldina


Fonte: Jornal O Vigilante



Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS