Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Helicópteros de resgate lançam chuva de pétalas de flores em homenagem às vítimas da tragédia em Brumadinho

O VIGILANTE ONLINE/G1 | MG - 01/02/2019 - 15:55 | Atualizado: 02/02/2019 - 20:18

Ato marca 8º dia de buscas por vítimas da tragédia na barragem da Vale; sobrevoo foi no local onde a lama encobriu prédios da empresa, uma pousada e residências.



Uma chuva de pétalas de rosas, doadas por pessoas de Belo Horizonte e da região de Brumadinho, caiu sobre o local onde na última sexta-feira (25) houve o rompimento de uma barragem da Vale, na Mina Córrego do Feijão. Dez helicópteros, cedidos pelas corporações que fazem parte da força-tarefa que trabalha na região, sobrevoaram a área na hora do almoço.

Ligados, eles esperaram o momento de decolar, pouco antes das 13h00. Um a um, eles levaram soldados carregando as flores. Um carregou uma bandeira do Brasil. No rosto dos soldados, era visível a emoção durante o ato.


A barragem da Vale se rompeu no dia 25 de janeiro em Brumadinho. O mar de lama destruiu o refeitório e um prédio da mineradora, pousada, casas e vegetação. Até agora, 110 pessoas morreram (71 deles identificados), 238 continuam desaparecidos, e 192 foram resgatados. As buscas seguem neste oitavo dia. De acordo com os integrantes da força-tarefa, a chance de achar sobreviventes é mínima.
 
Leia também:
• Número de mortes sobe para 110 em Brumadinho; 238 continuam desaparecidos
• Justiça de Minas Gerais determina bloqueio de R$ 1 bilhão da Vale após desastre em Brumadinho
• Bombeiros confirmam 7 mortos e 150 desaparecidos após barragem em Brumadinho se romper
• Barragem da Vale se rompe em Brumadinho, na Grande BH
• Campanha da OAB-Leopoldina arrecada doações para vítimas da tragédia de Brumadinho
• Número de mortos chega a 37 após rompimento de barragem em Brumadinho; bombeiros retomam buscas
• Número de mortos chega a 58 em Brumadinho; desaparecidos são 305
• 'Desastre em Brumadinho deve ser investigado como um crime', diz ONU
• Leitores se mostram preocupados com barragens na região após tragédia em Brumadinho
• Sobe para 65 número de mortos em Brumadinho; desaparecidos somam 279
• Engenheiros que atestaram segurança de barragem em Brumadinho são presos em SP e MG
• Número de mortos em Brumadinho sobe para 84 e 276 pessoas continuam desaparecidas
• 
CBA promove visita de autoridades civis e militares à barragem de Itamarati de Minas
• Sobe para 99 o número de mortos em Brumadinho; 259 pesso
• Bombeiro Militar de Leopoldina lotado em BH trabalha no resgate às vítimas da tragédia em Brumadinho

Fonte: G1/MG com imagens da TV Globo Minas




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS