Buscas em Brumadinho entram no 12º dia

O VIGILANTE ONLINE | MG - 05/02/2019 - 10:22 | Atualizado: 05/02/2019 - 10:07

O último balanço divulgado pelas autoridades indica que o número de mortes é de 134. Há ainda 199 pessoas desaparecidas


O tempo firme em Brumadinho na manhã desta terça-feira (5) permitiu que os trabalhos na região onde a barragem da mineradora Vale se rompeu começassem cedo. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, as equipes em terra e as aeronaves já estão em campo.

A corporação informou que, ao longo do dia, grupos farão buscas a pé, de barco e de helicóptero, além de usarem cães farejadores, escavadeiras, máquinas anfíbias e drones. Também está autorizada a atuação de voluntários.

A movimentação de helicópteros nas imediações do cemitério de Brumadinho será interrompida por volta de 11h30 por causa de um sepultamento agendado para o meio-dia. O pedido da interrupção dos trabalhos aéreos, de acordo com o corpo de bombeiros, foi feito pela família.

Nesta terça (4), o tempo instável e a chuva no município suspenderam os trabalhos durante parte da manhã.

Comitês
Dois comitês foram formados pela mineradora Vale para atuar nos desdobramentos do rompimento da barragem da Mina do Córrego do Feijão. Um grupo será de apoio e reparação e o outro, de apuração do acidente. Cada um com cinco membros.

O Comitê Independente de Assessoramento Extraordinário de Apuração será coordenado pela ex-ministra do Supremo Tribunal Federal, Ellen Gracie, que também atua como presidente dos comitês especiais de investigação da Petrobras e da Eletrobras. Outros membros são Jean-Pierre Paul Rémy, que prestou consultoria para o Ministério Público Federal (MPF) durante o rompimento da barragem da Samarco, em Mariana; José Francisco Compagno; Isabella Saboya de Albuquerque; e Eduardo de Oliveira Rodrigues Filho, que é membro dos comitês Financeiro e de Sustentabilidade da Vale.

Já o Comitê de Assessoramento Extraordinário de Apoio e Reparação será coordenado por Leonardo Pereira, que foi presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), de 2012 a 2017. Também compõem o comitê Ana Cristina Barros, Márcio Gagliato, Sandra Guerra e Marcel Juviniano Barros, membro do Conselho de Administração da Vale.


Leia também:
• Novo balanço aponta 121 mortos e 226 desaparecidos na tragédia de Brumadinho
• Fiscais começam a vistoria das 40 barragens de alto risco em Minas Gerais

• Helicópteros de resgate lançam chuva de pétalas de flores em homenagem às vítimas da tragédia em Brumadinho
• Justiça de Minas Gerais determina bloqueio de R$ 1 bilhão da Vale após desastre em Brumadinho
• Bombeiros confirmam 7 mortos e 150 desaparecidos após barragem em Brumadinho se romper
• Barragem da Vale se rompe em Brumadinho, na Grande BH
• Campanha da OAB-Leopoldina arrecada doações para vítimas da tragédia de Brumadinho
• Número de mortos chega a 37 após rompimento de barragem em Brumadinho; bombeiros retomam buscas
• Número de mortos chega a 58 em Brumadinho; desaparecidos são 305
• 'Desastre em Brumadinho deve ser investigado como um crime', diz ONU
• Leitores se mostram preocupados com barragens na região após tragédia em Brumadinho
• Sobe para 65 número de mortos em Brumadinho; desaparecidos somam 279
• Engenheiros que atestaram segurança de barragem em Brumadinho são presos em SP e MG
• Número de mortos em Brumadinho sobe para 84 e 276 pessoas continuam desaparecidas
• 
CBA promove visita de autoridades civis e militares à barragem de Itamarati de Minas
• Sobe para 99 o número de mortos em Brumadinho; 259 pesso
• Bombeiro Militar de Leopoldina lotado em BH trabalha no resgate às vítimas da tragédia em Brumadinho
• Número de mortes sobe para 110 em Brumadinho; 238 continuam desaparecidos

Fonte: Agência Brasil



Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS