Filhote de égua é encontrada morta e com sinais de abuso em propriedade rural de Leopoldina  

O VIGILANTE ONLINE | Polícia - 24/02/2019 - 13:00 | Atualizado: 04/03/2019 - 10:43

Suspeito do crime fugiu ao perceber que havia sido visto por moradores. 


Uma égua com apenas 12 dias foi encontrada morta no final da noite deste sábado, 23 de fevereiro, na estrada que liga Leopoldina ao distrito de Vista Alegre. Segundo as informações, o animal teria sido vítima de maus-tratos, com sinais de enforcamento e abuso.  

O proprietário do sítio, o jovem Felipe, de 24 anos, informou ao Jornal O Vigilante Online que no local foram encontrados vestígios de milho que supostamente teria sido utilizado pelo indivíduo para distrair a égua que havia parido a potra há 12 dias. Ele acrescentou que testemunhas informaram que viram um indivíduo em um veículo parado próximo da propriedade invadida, por volta das 22h40 e quando correram em direção ao suspeito ele teria entrado no automóvel e fugido. 

Segundo Felipe, marcas de enforcamento foram encontradas no animal, além de sinais de abuso nas partes íntimas daquele filhote. "Gostaria que as pessoas ficassem em alerta pois esse não é o primeiro caso do tipo que aconteceu em nossa região. Um covarde parou na porta da minha propriedade, abusou e matou a filhotinha da minha égua que tinha apenas doze dias de vida", lamentou o proprietário.


A Polícia Militar confirmou que foi acionada na manhã deste domingo (24) para registro da ocorrência. O caso será encaminhado para investigação da Polícia Civil de Leopoldina.

Fonte: Jornal O Vigilante



Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS