Filho mata o pai em São João Nepomuceno e se entrega à Polícia

O VIGILANTE ONLINE | Polícia - 18/03/2019 - 07:50 | Atualizado: 18/03/2019 - 14:58

Foto: Kadu Fontana/Reprodução

Foto: Kadu Fontana/Reprodução

Um homem, de 31 anos, confessou à Polícia Miltar ter assassinado o próprio pai, de 57, nesta madrugada de domingo, 17 de março, em São João Nepomuceno.

O corpo dele foi encontrado por populares no início da manhã, próximo ao trevo que leva a Carlos Alves, distrito de São João Nepomuceno, às margens da MG-126. A Polícia Militar e uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) estiveram no local e encontraram o homem caído ao chão, porém, sem vida. De acordo com a PM, os socorristas constataram que a vítima foi atingida por três disparos de arma de fogo, sendo dois no tórax e um na cabeça.

Enquanto a ocorrência estava em andamento militares receberam informações de que a vítima e seu filho haviam se desentendido recentemente. Os policiais foram informados que o filho da vítima e principal suspeito havia conversado com alguém da família e revelado que havia "feito besteira". A partir daí a PM foi até a casa dele, onde não foi encontrado, mas logo em seguida, conseguiram falar com ele por telefone quando teria confessado o crime comprometido a se entregar no Quartel da Polícia Militar de São João Nepomuceno, o que aconteceu no início da tarde deste domingo (17).


Aos militares o autor contou que sofria ameaças constantes de seu pai, quando na madrugada, enquanto se deslocava de motocicleta para trabalhar em uma fazenda em Rio Novo, encontrou com o pai no trevo de Carlos Alves. Ele parou e os dois conversaram, mas teria sido ameaçado pelo pai com um canivete ou faca e, para se defender, atirou contra ele, fugindo em seguida em direção ao distrito onde, no meio do caminho, teria jogado a arma dentro de um açude. O revólver, calibre 38, não havia sido localizado até o fechamento desta matéria.

Fonte: Repórter Kadu Fontana




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS