Jovem com necessidades especiais recebe visita de bombeiros em sua festa de aniversário em Leopoldina

O VIGILANTE ONLINE | Cidade - 24/03/2019 - 19:20 | Atualizado: 26/03/2019 - 08:48

Militares do 4º Pelotão de Bombeiros de Leopoldina se sensibilizaram com a história de Igor e levaram seu abraço ao aniversariante.


Neste sábado, 23 de março, o 4º Pelotão de Bombeiros Militar de Leopoldina participou de uma ação social no Bairro Esteves, levando esperança, amor e solidariedade ao jovem Igor, portador de necessidades especiais, que comemorou seu aniversário de 23 anos. 

A guarnição do Corpo de Bombeiros, composta pelos militares Sargento Alberto, Cabo Marques, Soldado Guzella e Soldado Pereira compareceu por volta das 21h00 na residência onde Igor reside com sua mãe, a Sra. Iracema Fajardo Bernardo Resende, após convite feito por uma prima, Karoliny, que entrou em contato com a corporação para que os bombeiros estivessem no aniversário de Igor, que tem  o sonho de ser bombeiro. 

Igor, que nasceu com neurofibromatose, possui algumas limitações e desde o ano passado enfrenta um tratamento de saúde muito difícil. “Em abril do ano passado descobrimos que ele está com um tumor cerebral, sendo impossível a retirada”, explicou Karoliny, acrescentando que desde então ele faz tratamento. 


Conforme informações apuradas pelo Jornal O Vigilante Online junto à família de Igor, além das dificuldades que tinha por causa da doença com a qual nasceu, de abril a dezembro ele parou de andar, senta-se somente com ajuda e escora, perdeu os movimentos, teve mais dificuldade na fala e a alimentação tem quer dada em sua boca. 

O pai de Igor faleceu com a mesma doença genética e câncer quando ele ainda era menininho. Em 2018, antes do agravamento de sua condição de saúde, Igor foi levado ao quartel do Corpo de Bombeiros. “Foi a maior alegria dele, pois sonha em ser bombeiro. De janeiro pra cá , ele melhorou muito, emocionando toda a equipe médica. E nos surpreendendo”, comentou a prima Karoliny.



A Sra. Iracema destacou o trabalho do médico Dr. Marco Antônio Ricci, neurocirurgião, “um grande ser humano”, comentou, e da médica oncologista Cristiane Meurer, que atende no Hospital Monte Sinal em Juiz de Fora. “Em outubro do ano passado o Igor teve pneumonia grave, permanecendo internado por 32 dias, e todos os dias a Dra. Cristiane esteve conosco no Hospital”, declarou. 

Em relação à presença dos Bombeiros Militares em sua casa para abraçar seu filho, a Sra. Iracema declarou: “Foi um presente de Deus. Deus os trouxe aqui”, citando a felicidade de todos ao verem o caminhão do Corpo de Bombeiros parando em frente à sua residência para visitar o filho. “Os Bombeiros foram sempre muito atenciosos com meu filho, com muito carinho e respeito. Muito obrigado a todos vocês”, afirmou emocionada a mãe de Igor. 

Segundo o Sargento Alberto, “a visita ao amigo Igor foi fora do comum das situações que nós atendemos. O menino parecia que estava de frente com um super herói que ele gosta”, comentou o Sargento, que revelou: “Foi muito gratificante pra nós, em meio a tantas tragédias e desafetos. Ele até nos relatou que há um tempo fez a prova para o curso de soldado”, concluiu o militar.

Fonte: Jornal O Vigilante, com fotos gentilmente cedidas pela família




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS