Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Menino é gravemente ferido ao ter perna cortada por linha chilena em Visconde do Rio Branco

O VIGILANTE ONLINE | Região - 22/07/2019 - 11:54 | Atualizado: 22/07/2019 - 15:56

As linhas chilenas têm a venda proibida no Brasil. Algumas são feitas com óxido de alumínio, o que as torna extremamente cortantes.
Um menino de 11 anos ficou gravemente ferido após ter uma das pernas cortada por uma linha chilena em Visconde do Rio Branco, neste sábado, 20 de julho. Ele foi socorrido e levado para o Hospital São João Batista, também em Visconde do Rio Branco.

De acordo com as informações obtidas pelo jornal O VIGILANTE ONLINE, o condutor de um Fiat Uno relatou à polícia que transitava com seu veículo pelas imediações da Praça Jorge Carone quando percebeu pelo retrovisor que uma das crianças que estava na via caiu ao solo. Ao sair do carro, o motorista encontrou um menino com sangramento na perna esquerda. Segundo a PM, o motorista de imediato levou a criança até o hospital daquele município. Ainda segundo a Polícia Militar, o médico de plantão constatou que a perna da criança foi cortada na altura do joelho por uma linha chilena, que foi retirada, podendo a criança ter aquele membro amputado devido a profundidade da lesão, que também atingiu a estrutura óssea. 


Continua depois da publicidade



A polícia informou que o condutor não soube dizer onde a linha teria agarrado no carro, já que o menino não estava soltando pipa no local e nem tinha em sua posse a linha chilena. O caso foi registrado pela Polícia Militar como lesão corporal e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil. Não foi informado de quem era a linha chilena.

A Polícia Militar recomenda que crianças e jovens jamais soltem pipas com uso de cerol ou linha chilena. As linhas chilenas têm a venda proibida no Brasil. Algumas são feitas com óxido de alumínio, o que as torna extremamente cortantes. O ato é considerado crime de acordo com a Lei Estadual 14.349/02. A conduta de vender ou expor à venda o cerol, linha chilena e congêneres configura crime previsto no Art. 7º da Lei Federal 8.137/90, cuja pena é detenção de dois a cinco anos, ou multa. A PM solicita que a população denuncie esta prática através do tridígito 190 ou pelo disque denúncia unificado, 181. 

Fonte: Jornal O Vigilante Online




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS